Fone: 41 3024-1310 - Whastapp 41 9 9945-5606
O Poder da Cruz e do Sangue Redentor

Estamos vivenciando a Quaresma, tempo que nos convida a Oração,  a Convivência fraterna e a Conversão.  A Quaresma é um Retiro Espiritual , uma Catequese, uma Escola  que nos torna discípulos de Jesus Crucificado. Somos  cativados pela serenidade,  paciência, nobreza  e  infinito amor de Jesus durante toda a Paixão. Que essa quaresma seja tempo de  reflexão e de profunda conversão para cada um de nós. Que Maria  Santíssima, Aquela  que acreditou e permaneceu ao pé da Cruz, nos ajude a cumprir esse propósito. 
Motivados pela Campanha da Fraternidade 2020 cujo Tema é "Fraternidade e  Vida: Dom e Compromisso", Deus nos chama  todos os dias à ação  e nos incentiva a praticar o amor  a ELE, a nós mesmos e ao próximo.  Mas, ao tentarmos viver o Lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele".  O trecho, tirado da Parábola do Bom Samaritano,  nos encoraja, nos incentiva e, oportunamente, nos apresenta o exemplo  de Santa Dulce dos Pobres, a Boa Samaritana que, em toda sua vida, não mediu esforços  e dedicação, espalhando o bem por onde passava.  
Estamos vivendo um tempo de provação e angústia, de isolamento e apreensão. Nossa Fé  em Deus, nos ensina a viver estes momentos lembrando-nos que: nada se  move no céu e na terra sem a Vontade  e permissão do Bom Deus que nos ama acima de tudo e apesar de tudo. É momento de nos unirmos em oração, irmanados na mesma Fé acreditando  que dias melhores  virão.
Seguindo o calendário litúrgico, a Igreja inicia o mês de abril com o  Domingo de Ramos,  quando Jesus é recebido como um Rei mas que, os mesmos que o receberam com festa, depois o condenaram à morte.
Na QUINTA-FEIRA SANTA: Missa da Ceia do Senhor, a Igreja dá início  ao Tríduo Pascal que comemora a última Ceia de Jesus. Nesta Ceia, Jesus oferece a DEUS  PAI o seu CORPO e o seu  SANGUE sob as espécies de Pão e Vinho  e entregou-o a seus discípulos para que os tomassem, mandando que o fizessem sempre em Sua memória. É a Instituição do Sacramento da  EUCARISTIA, presença viva e real de Jesus entrenós. Jesus instituiu a EUCARISTIA e o Sacerdócio Ministerial, como o poder e a ordem de repetir este gesto até o fim dos  tempos,
Na SEXTA-FEIRA  SANTA:  às  15 horas   é celebrada a solene Ação Litúrgica comemorando a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Adoração da Santa Cruz e a Comunhão Eucarística. Depois deste momento, não há mais Comunhão Eucarística até que seja realizada a celebração da Vigília Pascal.
A VIGÍLIA PASCAL:  Nela celebramos a vitória definitiva da vida sobre a morte. Recordamos a ação salvadora de Deus desde a criação até o final dos tempos e atualizamos estas maravilhas de  Deus  na nossa vida. 
Por fim, o grande dia da Vitória sobre a morte, o amanhecer para a eternidade. A RESSURREIÇÃO de Jesus é a certeza da vida, da vitória, do poder de Deus. "PÁSCOA", vida nova, Jesus triunfou e nos faz perceber que o fracasso aparente não será eterno para quem acredita,; o aparente fim de tudo para o recomeço de uma vida  que não terá fim.  
Lembremos que Maria, Mãe de Jesus, lá estava ao lado do FILHO em  todos os momentos e, como prova de um imenso amor,  na pessoa de João, Jesus nos de MARIA  como nossa Mãe.
Desejamos a todos uma  FELIZ  E  SANTA  PÁSCOA!
SALVE MARIA !!!
Por GEMMA  ESCORSIN

 
Indique a um amigo