Fone: 41 3024-1310 - Whastapp 41 9 9945-5606
A comunhão com o sangue do Senhor

Nesta quinta-feira (18) celebramos o início do Tríduo Pascal em nossa comunidade com a Missa da Ceia do Senhor. A celebração, presidida pelo pároco Juarez Rangel, concentrou um grande número de pessoas que lotaram a Paróquia São Braz. 
Em sua homília, o padre destacou que na quinta-feira santa acompanhamos a instituição da eucarística e do sacerdócio. “Na catequese, sempre gosto de perguntar: quando foi a única Missa que Jesus celebrou? E a resposta é durante a ceia com os discípulos”, afirma. 
Também explicou a diferença da celebração da Páscoa antes e depois de Jesus, fazendo ligações com a libertação do Egito, a festa dos feixes e o anjo exterminador – no Velho Testamento – até chegar à ressurreição de Jesus, que refez a aliança de Deus conosco através do seu sangue. 
Além disso, Juarez afirmou que é desejo de Jesus passar conosco a Páscoa. “Por mais que não sintamos nada ou estejamos presentes apenas pelo costume, Jesus se torna presença real em nosso coração e faz da nossa alma sua morada”. Segundo o pároco, a mensagem que o salmo da liturgia da celebração de ontem é suficiente para sintetizar a mensagem da Missa da Ceia do Senhor: “o cálice por nós abençoado é a nossa comunhão com o sangue do Senhor” (Sl 115).
Depois da homilia o padre lavou os pés de 12 membros de nossa comunidade, imitando o ato de Cristo. “Jesus nos mostra que precisamos ser humildes. Ele mesmo se humilhou em expiação dos nossos pecados”, afirmou Juarez. Ao final da Missa houve a transladação das hóstias consagradas, o altar foi esvaziado e a comunidade seguiu orando e adorando a Jesus em preparação para a Celebração da Paixão, que ocorrerá às 15h.
.
.
.

 
Indique a um amigo